Quem Somos

FUNDAÇÃO

Dia 14 de outubro de 20117

FUNDADORES

68 membros fundadores

1.ª COMISSÃO

Luís Rodrigues, Armando Maçanita, José de Sousa, António Silva, Jorge Frias

Membros

Armando Maçanita
Presidente
António Silva
Vice-Presidente

Andreia Maçanita
Presidente do Conselho Fiscal

Paulo Martins
Vice-Presidente do Conselho Fiscal

Tomás Barata
Comissão de Eventos

Rui Vasco

Comissão de Eventos

Paulo Santos

Comunicação

Francisco Bastos

Comunicação

MISSÃO E OBJETIVOS DA APPSA

Mensagem do Presidente

Caros Pescadores Submarinos

É na qualidade de presidente da direção da A.P.P.S.A. (Associação Portuguesa de Pesca Submarina e Apneia), que vos apresento os meus cumprimentos.

A nossa associação foi criada em 2007, para defender os interesses da Pesca Submarina e Apneia.

Temos já no nosso currículo e ao longo dos anos, um histórico bem sucedido e fundamental em várias vertentes, que combateram as várias tentativas de condicionar a nossa modalidade.

Reabrimos a prática da pesca submarina em toda a Costa Vicentina e parte do Sul Algarvio. Reabrimos zonas que estiveram interditadas localmente, contestámos pareceres discriminatórios com a intenção de denegrir a modalidade, numa tentativa clara de a ver acabada. Defendemos a título pessoal os interesses dos nossos associados e praticantes em geral. Fomos preponderantes na realização de uma legislação mais justa para a pesca submarina.

Assegurámos que nas recentes AMPIC’s a nossa modalidade tenha garantida o seu espaço e o seu direito de existir. E estamos aqui para continuar a garantir o direito à discussão e debate em tudo o que for relativo à nossa modalidade.

Mas não só na defesa ativa dos nossos problemas, estivemos presentes. Também criámos uma série de sinergias que elevaram a pesca submarina para um patamar de respeito, nunca antes conseguido. Estamos em colaboração institucional e na apresentação e execução de projetos futuros, com a DGRM, AMN, ICNF, entre outros. Mantemos laços estreitos de cooperação com organismos ambientais e temos um reconhecido diálogo, com os principais grupos parlamentares da Assembleia da República. Estamos inseridos nos grupos de trabalho da criação das AMPIC´s, de forma a garantirmos a presença da modalidade nessas zonas. E para a estabilidade da modalidade, temos uma ótima relação institucional com a FPAS, com quem dialogamos em estreita cooperação.

No entanto temos que estar alertas. A colaboração importantíssima que os nossos associados têm, em denunciarem-nos condicionantes e agressões à modalidade, permite-nos uma resposta rápida de intervenção, que acaba por ser fundamental, para a continuidade deste desporto. É no associativismo ativo, preocupado e participativo, que os praticantes através da representatividade e da força institucional da APPSA, gerem e contribuem positivamente, para que todos possamos usufruir do direito de continuarmos a ir para o mar. A todos eles, o nosso especial agradecimento, da parte desta equipa que os representa.  

Seria enganador pensarmos que pouco mais há a fazer. Os nossos governantes comprometeram-se com Bruxelas, em criar uma extensa área marinha protegida ao longo da costa. Sendo esta uma condição imparável e em curso, teremos que estar em força e bem representados, na elaboração dos regulamentos destas mesmas zonas. Por outro lado, as reservas prístinas (Parque Luiz Saldanha e Parque Litoral norte) de onde nos foram subtraídos os nossos direitos, continuam na agenda e no trabalho ativo da Associação. O caminho difícil em que o maior obstáculo se prende agora com  as vontades politicas, travam em parte, uma resolução mais célere deste problema. Contudo está no compromisso desta equipa, em não baixar os braços e continuar a trabalhar para que a “porta se abra”.

A regularização e formação ética da nossa modalidade é também uma responsabilidade acrescida da APPSA. Criar mecanismos que façam desta modalidade um exemplo de sustentabilidade e sermos parceiros, no caminho evolutivo e consensual na proteção dos oceanos, é uma bandeira de que nos podemos e queremos orgulhar.

Estaremos sempre e sem preconceito, dispostos a debater com quem quer que seja, as preocupações ambientais e a manutenção dos recursos, desde que de forma clara, responsável e acima de tudo cientificamente fundamentada.

Temos também uma convicção; Somos todos pela pesca submarina!

Os praticantes, as marcas, as lojas, as parcerias, todos temos que estar unidos em torno desta modalidade. É a nossa paixão e a sua continuidade, está nas mãos de quem quer estar dentro ou fora da solução. Associados, somos mais fortes e teremos mais voz nos momentos decisivos. O nosso crescimento e continuidade, caminha lado a lado com o que fizermos pelo sucesso da pesca submarina.

Faz parte dos que realmente se preocupam e junta-te a nós para que tudo isto aconteça.

Associa-te!!!

Um abraço,
Armando Maçanita
Presidente da Direção

Encontre-nos nestas redes sociais:

Telefone

218 240 190

Email

geral@appsa.com

Localização

R. Alto do Lagoal 21, Caxias

Copyright 2021- Associação portuguesa de pesca submarina e apneia